A capital da Argentina é bem mais do que alfajores, vinho e tango. Buenos Aires se tornou um dos destinos favoritos dos turistas brasileiros e seus variados encantos justificam essa preferência. Caso você ainda não tenha se rendido ao clima portenho, trazemos um mapa de pontos imperdíveis da cidade, a começar pelo mais icônico de todos: o Obelisco.

IMG_4819

Localizado no cruzamento das avenidas 9 de Julio e Corrientes, o monumento foi inaugurado em comemoração aos 400 anos da cidade. Em 1939, três anos após sua inauguração, houve um projeto de demolição do Obelisco, alegando que sua manutenção traria prejuízos e também alegando razões estéticas e de segurança pública. Ele foi obviamente negado e Buenos Aires mantem até hoje o seu cartão-postal mais famoso.

Partindo do Obelisco, siga pela avenida 9 de Julio e vire à esquerda na avenida Santa Fé: é a entrada da Recoleta, um dos bairros mais charmosos da cidade. Deixe-se levar pelas lojas, cafés e outros cantinhos do bairro. Um dos principais é a famosa loja da livraria  El Ateneo, que ocupa o espaço do antigo Teatro Grand Splendid e foi eleita pelo jornal britânico The Guardian como uma das livrarias mais belas do mundo.

DSC02794

Desça a avenida Callao e aprecie os prédios residenciais do bairro. Ao chegar na avenida Figueroa Alcorta, prepare-se para conhecer outro cartão-postal portenho: a Floralis Generica. Obra do arquiteto argentino Eduardo Catalano, é uma grande flor de metal que abre e fecha suas pétalas de acordo com o horário do dia. Vale passar por lá em horários diferentes para conferir.

IMG_4858

Outra possibilidade de passeio também parte do Obelisco, mas descendo pela avenida Corrientes. Assim você chegará a Puerto Madero, um dos bairros mais modernos da cidade e que hoje abriga o centro financeiro de Buenos Aires. A margem do Rio da Prata passou por um processo de revitalização, que começou na década de 1990; a zona portuária se tornou um pólo gastronômico, os principais hotéis das grandes redes mundiais e grandes áreas verdes.

IMG_5872

Ali também está outra imagem famosa da capital argentina: a Puente de La Mujer. Localizada no dique 3 de Puerto Madero, é obra de Santiago Calatrava, arquiteto espanhol. Aos moldes da Ponts des Arts, em Paris, e da Brooklin Bridge, em Nova York, a Puente de La Mujer também está ganhando cadeados do amor, presos por famílias e casais apaixonados.

IMG_5881

Falando em paixão, não podemos esquecer de San Telmo, o ponto de encontro dos fãs de Mafalda e toda a turma de personagens criadas pelo cartunista Quino. Você pode encontrar as esculturas dos personagens na esquina das ruas Defensa e Chile. Aos domingos pode ser concorrido chegar perto delas, mas esse é o melhor dia para aproveitar a famosa feira de San Telmo. Entre artesanatos, livros e antiguidades, você certamente encontrará uma lembrança de Baires para levar para casa. Também na rua Chile você encontra vários restaurantes; o ideal é caminhar pela feira por volta das 11h, quando ainda não está tão cheia, e depois ficar para almoçar.

IMG_4994

E agora que tal conhecer um bairro diferente do circuito turístico? Parta para Barracas; no século XVIII era o bairro da aristocracia portenha, o que se percebe até hoje em seus parques e sua arquitetura. No entanto, em 1858, o bairro sofreu uma grande inundação e passou por uma epidemia de febre amarela – a população foi embora e Barracas caiu no abandono. Somente depois dos anos 2000 o bairro começou a se revitalizar, tornando-se um pólo criativo e artístico.

IMG_5916

Como dissemos no início, Buenos Aires é mais do que seus clichês. Se você ainda não a conhece, comece por seus pontos turísticos, mas não deixe de ir além. Assim, não importa quantas vezes você volte, a capital portenha sempre encontrará um novo jeito de te encantar.

Destino: Buenos Aires

Tempo: 6 dias

Para se achar:

Obelisco: cruzamento das avenidas 9 de Julio e Corrientes

El Ateneo Grand Splendid: Avenida Santa Fé, 1860

Floralis Generica: Avenida Pres. Figueroa Alcorta, 2263

Puente de la Mujer: Dique 3, Puerto Madero

Barracas: a estação de metrô mais próxima do bairro é Constitución (linha azul). Também vale uma parada para conhecer a estação de trens, inaugurada no século XIX.

Anúncios

One thought on “#9 – Buenos Aires

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s