Voltar à Alemanha estava nos meus planos desde que voltamos de Berlim, no ano passado. Só não sabia que seria tão rápido – ainda bem! Só que dessa vez o destino era a cidade de Frankfurt, capital econômica do país. Fui à cidade a trabalho, mas consegui aproveitar um dia para conhecer o centro histórico.

Römemberg é a praça central de Frankfurt. Ganha esse nome por causa do Römer, o prédio que abriga a prefeitura da cidade. Ao redor da praça, lojas e restaurantes nos convidam a sentar e observar a história reconstruída – literalmente. Römemberg foi bombardeada e destruída durante a Segunda Guerra Mundial; seus prédios foram reerguidos exatamente iguais aos que eram antigamente.

frankfurt deutschland 2

Seguindo o passeio, visitei a Catedral de São Bartolomeu, a Catedral de Frankfurt. A igreja tem um museu e é possível subir até o alto de uma das torres. Para acessar a torre, é necessário comprar o ingresso no quiosque do lado de fora da igreja (custa 3 euros). A subida é íngreme e em uma escada caracol; é preciso ficar atento se não tem alguém descendo. Confesso que cheguei lá em cima meio tonta, mas depois de me sentar um pouco, tudo o que fiz foi respirar fundo e apreciar a vista. É incrível.

frankfurt deutschland 7

Em seguida, fui caminhando até o antigo prédio do Banco Central Europeu. Ele fica em uma grande praça e várias pessoas param e tiram fotos com o símbolo da moeda da União Europeia. No caminho, passei em frente a uma Galeria Kaufhof! Já conhecíamos essa grande loja em Berlim, daquelas em que você encontra desde um lápis até um casaco importado. O mais importante: tem um andar supermercado, e os chocolates alemães são os melhores souvenires que você pode trazer.

frankfurt deutschland 8

Como fui visitar a cidade para trabalhar, não tinha um roteiro programado. E quem me conhece sabe que eu não vivo sem uma lista minuciosa de atividades. Sair sem destino, se deixar perder na cidade, pode ser muito rico também. Tomei sorvete de melão cantaloupe. Quase fiquei presa dentro da igreja e só poderia sair depois que a missa acabasse. Descobri uma loja de itens fofos (mas que não consegui voltar para comprar lembrancinhas :/). Andei até escurecer, o que nessa época do ano acontece só depois das 21h. Vivi Frankfurt, mesmo que fosse por apenas um dia. E, quando embarquei no avião de volta para casa, também já queria voltar.

*Agradeço à Mônica, Fafá e Elisa, pela oportunidade, à Erica, da Merck Brasil, pelo convite, e Fabíola, pela companhia. Danke schön.

frankfurt deutschland 3

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s