Ficamos algumas semanas pensando para onde viajar no feriado de Corpus Christi. Cogitamos alguns destinos internacionais, mas seria muito tempo de viagem para pouco tempo aproveitando o destino. Enfim, decidimos viajar para uma capital brasileira e Florianópolis nos pareceu a escolha perfeita: mais ao sul, está menos concorrida do que as capitais nordestinas, com todo mundo fugindo do calor. Não é o Rio de Janeiro, mas tem praias e natureza tão exuberantes quanto. E ainda faríamos um segundo passeio em conjunto: o Beto Carrero World, que nenhum dos dois conhecia. Passagens compradas, hotel reservado; estávamos prontos para o nosso feriado!

Viajamos na quarta-feira à noite e chegamos na Ilha da Magia bem perto da meia-noite. Não se deixe levar pela ideia que você pode ter na cabeça de “ilha”: Florianópolis é gigante. Do Aeroporto Hercílio Luz até o nosso hotel, na praia Brava, extremo norte da ilha, levamos mais de 40 minutos. Por isso, nossa primeira dica de Floripa é, sem dúvidas, alugue um carro. A natureza é super conservada, e por isso as coisas são distantes umas das outras.

florianópolis 5

Pela manhã do primeiro dia em Floripa, fomos conhecer justamente a praia Brava, onde nos hospedamos. Que. Lugar. Lindo. Digno de plano de fundo mesmo. Bairro bem mais residencial que outras praias da ilha, a Praia Brava é bem vazia, com sua natureza quase intocada. Casais e famílias passam caminhando, trazem suas cadeiras de praia para observar a vista e ver os passarinhos sobrevoando o mar – e mergulhando em busca de comida. É impressionante!

florianópolis 3

Nossa segunda parada foi na praia de Canasvieiras, famosa por seus turistas e habitantes argentinos. Sí, nuestros hermanos se encantaram pela lugar, e não é muito difícil entender o porquê. Também uma bela praia, que conta com boa infraestrutura, como supermercados, padarias e outros pontos de comércio. Precisamos ir até lá justamente por isso, para fazer aquela nossa comprinha básica de supermercado para passarmos os dias ali.

florianópolis 1

Próxima parada: Jurerê Internacional. Se Canasvieiras já havia nos surpreendido com infraestrutura, o que dizer desse lugar? Visitamos um shopping a céu aberto, com as mais diversas lojas e opções para alimentação. Aliás, foi aqui que almoçamos, em um lugarzinho aconchegante chamado Armazém de Secos e Molhados. Se estiver por lá, faça uma visita e não deixe de pedir o bolinho de siri: divino!

florianópolis 8

Já em nosso segundo dia de exploração da ilha, visitamos uma terceira praia: a Barra da Lagoa. Um pouco mais movimentada que a praia Brava, mas também se percebe que é uma praia de moradores. Perto dali também fica a sede do projeto Tamar em Floripa, do qual falaremos melhor em um outro post.

florianópolis 4

Para fechar com chave de ouro nossa passagem pela ilha, almoço da beira da Lagoa da Conceição. Ela se localiza bem ao centro da ilha, e foi justamente beirando suas margens que a cidade começou a se desenvolver. Algumas construções coloniais e as tradicionais lojinhas das rendeiras resistem ali, tornando-se atrativos imperdíveis. No entorno da Lagoa também se encontram bons restaurantes (mas o preço pode ser bem salgado, dependendo do lugar) e baladas, para quem gosta de curtir a noite.

florianópolis 6

Nossa passagem por Floripa foi rápida, mas inesquecível. Suas paisagens nos revigoraram e inspiraram. Dá vontade de voltar para lá…para não voltar nunca mais.

 

P.S.: e o Beto Carrero World? Bom, isso é assunto para a semana que vem. E acredite: você não vai querer perder esse post.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s