Gostamos muito de animais. O Leo tem um carinho especial por répteis, em especial as tartarugas. De fato são animais incríveis: nadam longas distâncias (e não são tão lentas quanto se imagina), vivem mais de 100 anos, tem um senso de direção invejável para qualquer Google Maps. Só que o Leo nunca tinha visitado uma base do Projeto Tamar, que há mais de 30 anos cuida de tartarugas marinhas em todo o litoral brasileiro. Quando estivemos em Floripa não podíamos deixar essa oportunidade passar!

Projeto TAMAR Floripa 2

A base do Tamar na capital catarinense fica na Barra da Lagoa, pertinho da Lagoa da Conceição. O espaço é aberto à visitação, mediante compra de ingresso (R$ 15). Além dos centros de cuidados dos animais, o espaço abriga um museu, cinco tanques de observação das tartarugas e uma loja. Ali, o dinheiro da venda dos produtos licenciados é toda revertida para a manutenção do projeto.

Demos uma super sorte, porque chegamos logo no começo de uma visita guiada. Vale muito a pena acompanhar um guia do Tamar durante a sua visita; dessa forma, você pode tirar dúvidas sobre o trabalho deles e conhecer melhor as espécies de tartarugas que desovam no litoral do nosso País. Descobrimos que a tartaruga de pente ganhou esse nome pois seu casco era usado para a confecção de pentes e outros acessórios – e isso fez com que ela quase entrasse em extinção, acredita? Também vimos tartarugas verdes e cabeçudas.

Projeto TAMAR Floripa 5

Uma pena foi termos visitado o Tamar no mesmo dia em que embarcariamos de volta para São Paulo, pois naquela tarde, às 15h, haveria o retorno de filhotes de tartaruga ao mar – uma cena linda que, se você tiver a oportunidade de ver, não perca. O tour dentro do Projeto Tamar Florianópolis é curto, por isso, se precisar esperar, vale dar uma volta na praia da Barra da Lagoa, que oferece alguma estrutura de restaurantes e quiosques, ou dá tempo de ir passear na Lagoa da Conceição e voltar.

Projeto TAMAR Floripa 6

O mais importante de tudo isso é a causa. Ainda tem muita tartaruga morrendo nas nossas praias por comer lixo que vai parar no mar. Fica o alerta: mantenha as praias limpas e apoie iniciativas ambientais bacanas. A gente constrói hoje o mundo para onde nós – e as tartarugas – vamos viajar amanhã.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s