Se a viagem é de carro, em geral vamos com o da Carol; o famoso Bolinha. Contudo, para circularmos por Florianópolis – e também para irmos de lá até Penha, onde fica o Beto Carrero World – um carro era muito importante. Tomamos então a decisão de alugarmos um pelo período em que estaríamos lá, mas é necessário analisar alguns fatores antes de alugar um carro para viajar.

Localização é fundamental, bem como conhecimento prévio sobre as possibilidades de deslocamento no seu destino. Se você vai para uma cidade bem servida de transporte público e está hospedado em um local de fácil acesso, é bem provável que você não precise de um carro. Você pode fazer tudo de ônibus, metrô ou até a pé – pra que se preocupar com trânsito e estacionamentos? Gaste esse dinheiro com outra coisa.

 

Agora se você está longe, e os pontos de interesse também, já começa a surgir a possibilidade de alugar um veículo, para ter mais autonomia. Ficar dependendo de ônibus para atravessar a cidade já é complicado em dias de trabalho – nas férias não rola mesmo! O mais prático é que você pode reservar o seu carro pela internet, no site das locadoras. Ali você já consegue agendar a data e o horário previsto da sua chegada, para que o carro esteja lá, te esperando.

Duas coisas são fundamentais no momento do aluguel do carro: a escolha do modelo e da franquia. Opte pelo modelo que melhor atende às suas necessidades – nem sempre é o mais caro ou o mais barato. Pesquise e escolha o que tem a ver. Depois, hora de ver a franquia, que é uma espécie de seguro temporário para o carro. Vale a pena perder um tempo lendo as diferentes coberturas e escolhendo a melhor que você puder pagar. Seguro, como nossos pais já diziam, é aquela coisa que você não quer pagar, mas você paga pra não precisar usar. Afinal, vai que acaba precisando…

Um ponto interessante para as locadoras de carro é que você não precisa necessariamente devolver seu veículo no mesmo lugar onde ele foi alugado. Se quiser, você pode seguir viagem e deixar o carro em outro ponto, sem problemas. Basta avisar no momento da contratação do serviço.

Não se esqueça de uma parte bem importante nessa conta: o combustível. Avalie e aja como se fosse o seu próprio carro: abasteça em postos movimentados e/ou de confiança. Se a gasolina ou etanol causarem algum dano ao carro, o responsável é você. Cuide do carro alugado como se fosse o seu próprio. E não se esqueça de devolver o carro na locadora com o tanque cheio; será muito mais caro se eles cobrarem esse valor de você.

 

Sentiu que precisa de um carro? Então comece sua pesquisa já – tem um modelo que é a sua cara te esperando por aí!

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s