Em viagens internacionais para países fora do Mercosul, o passaporte é obrigatório. Mais do que isso, ele é um dos poucos documentos que possui validade em todos os lugares do mundo – é, o seu RG ou carteira de motorista daqui não valem muita coisa depois que cruzar a fronteira. Já demos dicas aqui de como tirar o seu passaporte, mas o que fazer se você perdê-lo durante a viagem?

Documento é coisa séria, ainda mais fora do país. Sendo assim, tome cuidado em dobro com seu passaporte; coloque-o sempre no mesmo lugar e confira onde ele está antes de sair para um passeio. Se você for roubado, a primeira atitude é fazer um boletim de ocorrência na delegacia mais próxima. Com o B.O. em mãos, vá ao Consulado ou Embaixada brasileira para solicitar a emissão de um novo documento. Se você estiver em uma cidade que tenha tanto Consulado quanto Embaixada, como Buenos Aires, por exemplo, prefira o Consulado.

Consulado Brasileiro

Aqui temos o primeiro porém: esses lugares costumam estar fechados aos finais de semana e feriados,ou seja, talvez você não consiga dar entrada na solicitação do passaporte no mesmo dia em que o roubo aconteceu. Se sim, menos mal. Agora, vamos ao bolso: emitir um passaporte brasileiro em outro país custa o dobro do valor para a emissão no Brasil. O prazo para entrega varia entre sete e 10 dias úteis.

Aí você pode nos dizer: “gente, socorro! O meu voo de volta é antes disso!” Nesse caso, você deve solicitar a emissão de uma Autorização de Retorno ao Brasil; esse documento, que fica pronto em até três dias úteis, permite que você viaje de volta, mas apenas em voos diretos, já que sem passaporte você não entra em outros países. Se o seu voo de volta tem alguma conexão ou escala, sentimos muito, mas você vai ter que esperar seu passaporte ficar pronto… Detalhe chato super importante: quando seu passaporte novo chegar, ele vem sem nada. Ou seja, adeus vistos!

Por isso, a gente não se cansa de repetir: tome MUITO cuidado com o seu passaporte. Recentemente, o Ricardo Freire, do Viaje na Viagem, fez um post sobre esse assunto, discutindo se vale a pena carregar seu passaporte com você o tempo todo ou se é melhor deixá-lo no hotel. Confesso que o texto me deixou pensando, pois faz muito sentido: as chances de você ser parado por um policial estrangeiro sem ter feito nada ilícito são bem menores do que as de ser vítima de um ladrão. O Ricardo recomenda que se faça uma cópia da primeira página do passaporte, que contém seus dados, e carregue isso na bolsa, deixando o passaporte no hotel, trancado no cofre ou dentro da sua mala, com cadeado. A gente costuma andar com o passaporte, sempre dentro de uma bolsa pequena e junto ao corpo. As duas possibilidades são válidas; o importante é evitar passar por esse perrengue que é tirar um novo passaporte fora do Brasil.  

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s